Benefícios, Notícias

Começa a liberação do FGTS para trabalhador cuja casa foi atingida no temporal de abril no Rio

Para liberação do FGTS é necessário a comprovação de que a residência estava em área afetada. O pedido de liberação deste benefício deve ser feito até a data de aniversário do trabalhador, conforme o calendário de pagamento, neste caso, até o dia 29 de julho.

Você pode utilizar o aplicativo da caixa para consultar o FGTS

Foi decretado estado de calamidade pública, por isso, a Caixa Econômica Federal iniciou o atendimento para liberação do FGTS as famílias atingidas por conta das chuvas no Rio de Janeiro.

É preciso então que esses trabalhadores liguem para o seguinte número 0800 726 0207, selecione a opção 4, e depois a opção 3. Dessa forma, o saque da sua conta vinculada será habilitado e o débito automático autorizado.

No entanto, como dito anteriormente só terão direito ao saque do FGTS os trabalhadores que comprovaram que a residência estava em área afetada. Aqueles que não tiveram sua pré-habilitação ao saque confirmada, deverão se dirigir a uma agência do Rio de Janeiro e fazer a solicitação. Depois de realizada a solicitação o valor deve ser pago em torno de cinco dias úteis.

Conforme o decreto do poder público municipal, os trabalhadores terão direito do FGTS, sendo o máximo de R$ 6.220,00 por conta. No momento do saque é necessário ter saldo em conta e não ter sacado o valor do fundo, seja por estado de calamidade pública ou emergência dentro do período inferior a um ano.

Abaixo você pode conferir quais são os documentos exigidos para o saque FGTS:

  • Cartão do cidadão – opcional;
  • Cartão ou número da conta Caixa para aqueles que desejam selecionar a opção crédito em conta;
  • Carteira de identidade, carteira de habilitação, novo modelo da carteira de trabalho ou então passaporte;
  • Carteira de trabalho e previdência social;
  • Certidão de casamento ou escritura pública de união estável (se o comprovante de residência esteja em nome do companheiro ou cônjuge);
  • Comprovante de residência em nome do trabalhador ou companheiro (conta de luz, água), com data de emissão;

Caso o titular da conta não consiga comprovar o endereço, se torna possível a comprovação por declaração emitida pelo município, desde que esteja em papel timbrado, datada e assinada pela autoridade, comprovando o local de residência do trabalhador.

O Calendário de Pagamento é de acordo com a data do aniversário de cada trabalhador, sendo o prazo máximo de pagamento até o dia 29 de julho. Confira:

  • Nascidos em janeiro: de 3 a 7 de junho
  • Nascidos em fevereiro e março: de 10 a 14 de junho
  • Nascidos em abril e maio: de 17 a 21 de junho
  • Nascidos em junho e julho: de 24 a 28 de junho
  • Nascidos em agosto e setembro: de 1º a 5 de julho
  • Nascidos em outubro e novembro: de 8 a 12 de julho
  • Nascidos em dezembro: de 15 a 19 de julho
  • Remanescentes: 22 a 26 e 29 de julho

Se você foi uma das vítimas desse temporal, não deixe de solicitar o saque do FGTS.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

2 Comments

    1. Olá Raimunda, não, o período de saques do ano calendário de 2014 se encerrou em dezembro de 2016. Infelizmente você perdeu essa parcela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *