Benefícios

Até quanto posso receber para ter direito ao saque do PIS?

Para ter direito ao saque do PIS/PASEP você pode receber apenas o valor máximo mensal de dois salários mínimos. Além disso, é preciso que o trabalhador siga outros critérios, como o empregador ter informado seus dados de maneira correta ao RAIS, possuir cadastro no PIS/PASEP durante o tempo mínimo de cinco anos e ter realizado por pelo menos 30 dias, atividade remunerada.

Onde Sacar o PIS 2019
Onde Sacar o PIS 2019

O saque deste benefício já foi liberado no governo anterior, comandado pelo ex-presidente Michel Temer, a intensão era aquecer a economia do país, e como a mesma está em baixa atualmente, o atual presidente Jair Bolsonaro, solicitou novamente a liberação do saque das cotas do PIS PASEP.

Desde 1988, os programas não possuem depósitos individuais, nesta data as contribuições foram encaminhadas ao Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT. Hoje, poderão sacar esses recursos os trabalhadores de iniciativa pública e privada que trabalharam de carteira assinada durante 1971 a 1988, quando a contribuição foi criada.

A intensão do Governo é aplicar em torno de R$ 10 bilhões na economia do país, liberando novos saques do PIS/PASEP. No entanto, alguns dos economistas do Brasil foram ouvidos e segundo eles, tal medida não terá um grande impacto.

Após quase dois meses do fim do prazo para saque do PIS/PASEP, há aproximadamente 2,33 milhões de pessoas que não sacaram o benefício. Este valor chega a R$ 1,53 bilhão, sendo a região Nordeste a com menos saques realizados, principalmente nos estados de Bahia, Maranhão e Sergipe, totalizando 642.074 trabalhadores.

A outra região com menor número de saque é o Sul, principalmente no Rio Grande do Sul, que não sacou em torno de R$ 380 milhões, totalizando 584 mil trabalhadores. O valor deste benefício começou a ser pago em julho de 2018, sendo pagos 22,28 milhões de trabalhadores, 90,51%.

O valor pago varia entre R$ 84,00 a R$ 998,00 (salário mínimo), sendo pago conforme o número de meses trabalhados. É possível conferir se há algum valor disponível pelo telefone ou então pelo site da Caixa (no caso do PIS), e através das plataformas do Banco do Brasil (no caso do PASEP).

O PIS – Programa de Integração Social é pago aos trabalhadores de iniciativa privada, já o PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, é pago aos trabalhadores de inciativa pública. Para o recebimento destes benefícios você deve se dirigir a uma das agências que disponibilizam o saque. É importante estar portando seu cartão cidadão e senha ou então um documento de identificação com foto.

Tais rendimentos devem ser sacados através do calendário de pagamento disponibilizado aos trabalhadores. Lembrando que caso o prazo de saque seja ultrapassado, o trabalhador deixa de ter direito a receber o benefício. O PIS/PASEP poderá ser sacado até o dia 28 de junho de 2019.

No caso do PIS, realize o saque em caixas eletrônicos da Caixa, Correspondente Caixa Aqui e Loterias. Ou se você tiver conta corrente na agência, o valor poderá ser depositado diretamente como crédito em conta.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *